ANÁLISE PSICOSSOCIAL DA INTEGRAÇÃO SOCIAL DOS UNIVERSITÁRIOS INGRESSANTES DURANTE O ENSINO REMOTO EMERGENCIAL

Autores

  • Márcia Kelma de Alencar Abreu Universidade Regional do Cariri https://orcid.org/0000-0002-2262-7918
  • Maria Eduarda de Sousa Flor Universidade Regional do Cariri

Palavras-chave:

Estudantes Universitários, Ensino Remoto Emergencial, Adaptação, Aspectos psicossociais, Contexto pandêmico.

Resumo

O presente estudo surge com o intuito de analisar os fatores que influenciam a integração social dos estudantes do 1º semestre dos cursos de graduação da URXX durante o Ensino Remoto Emergencial, assim como as principais dificuldades e formas de enfrentamento empreendidas neste contexto. A pesquisa tem abordagem quantitativa e foi realizada com 67 estudantes ingressantes durante o Ensino Remoto Emergencial, pertencentes aos cursos de pedagogia, letras, teatro, física, engenharia de produção e edificações. Utilizou-se um questionário on-line composto pelos dados sociodemográficos, Escala de Integração Social no Ensino Superior e Escala de Percepção de Suporte Social. Os principais achados do estudo confluem para a visualização das especificidades do Ensino Remoto Emergencial e seus desafios aos estudantes ingressantes, que implicam no enfraquecimento das relações acadêmicas enquanto necessárias fontes de suporte social, no impacto que estas relações acadêmicas têm no equilíbrio emocional, na conexão entre estes aspectos e a satisfação com o rendimento acadêmico, na exigência do desenvolvimento de habilidades adaptativas para a autorregulação do próprio processo de aprendizagem. Sendo assim, problemáticas como a necessidade de adquirir recursos tecnológicos, o planejamento e organização do tempo e ambiente doméstico de estudo, as estratégias de autoliderança no processo de aprendizagem e o fortalecimento dos mecanismos de autodeterminação são intensificados para resistir e obter êxito no rendimento acadêmico. Este estudo contribui no sentido de visualizar os impactos causados pelo Ensino Remoto Emergencial no processo de adaptação dos estudantes ingressantes, o que pode apontar caminhos para o planejamento de ações institucionais, reflexões e debates que auxiliem a tornar este processo menos árduo, diminuindo os níveis de comprometimento emocional, desistência e evasão que este cenário pode acarretar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eduarda de Sousa Flor, Universidade Regional do Cariri

Estudante de Graduação em Pedagogia da Universidade Regional do Cariri.

Downloads

Publicado

2022-07-03

Como Citar

de Alencar Abreu, M. K., & de Sousa Flor, M. E. (2022). ANÁLISE PSICOSSOCIAL DA INTEGRAÇÃO SOCIAL DOS UNIVERSITÁRIOS INGRESSANTES DURANTE O ENSINO REMOTO EMERGENCIAL. Revista De Educação Da Universidade Federal Do Vale Do São Francisco, 12(28). Recuperado de https://www.periodicos.univasf.edu.br/index.php/revasf/article/view/1684