DISCUSSÕES SOBRE IMPACTOS DA INDÚSTRIA CULTURAL NA PRÁTICA PEDAGÓGICA

Autores

  • Beatriz Abreu Escola Superior de Artes Célia Helena

Palavras-chave:

Indústria Cultural, Educação, Liberdade, Theodor Adorno, Paulo Freire

Resumo

Este artigo trata de inquietações docentes quanto ao emprego de produtos da Indústria Cultural na prática pedagógica. Para tanto, compara o panorama sociopolítico brasileiro ao da Alemanha nazista e estabelece diálogo entre os estudos de Theodor Adorno e Paulo Freire, sob uma ótica questionadora. Discorre sobre “entretenimento”, “arte elitizada” e “cultura de massas”, bem como as mudanças de fruição estética geradas pelos meios de comunicação. Aborda os efeitos de recursos tecnológicos e mídias sociais sobre os indivíduos e seu uso em sala de aula, em busca de uma educação cuja linguagem acessível comunica, promove o senso crítico, faz refletir e, por isso, emancipa.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Abreu, Escola Superior de Artes Célia Helena

Mestranda em Artes da Cena pela Escola Superior de Artes Célia Helena. Leciona há 10 anos na Educação Básica. Atualmente, é professora de Língua Portuguesa e Eixo Integrador Interáreas no Serviço Social da Indústria (SESI-SP)

Downloads

Publicado

2022-07-03

Como Citar

Abreu, B. (2022). DISCUSSÕES SOBRE IMPACTOS DA INDÚSTRIA CULTURAL NA PRÁTICA PEDAGÓGICA. Revista De Educação Da Universidade Federal Do Vale Do São Francisco, 12(28). Recuperado de https://www.periodicos.univasf.edu.br/index.php/revasf/article/view/1738