O CONTO QUE AS CAIXAS CONTAM:

RELATOS DE UM PROJETO DE “CONTAÇÃO” DE HISTÓRIAS

Autores

  • Janayna Brejo Universidade do Estado de Minas Gerais

Palavras-chave:

Literatura Infantil e Juvenil; Narrativas Literárias; Contação de Histórias.

Resumo

Este texto relata a trajetória do Projeto de Extensão O CONTO QUE AS CAIXAS CONTAM que realiza há quatro anos, variadas “contações” de histórias cujo enredo está presente em emocionantes livros de Literatura Infantil e Juvenil. O Protejo tem como objetivo apresentar aos(as) discentes da Faculdade de Educação da Universidade do Estado de Minas Gerais, possibilidades e estratégias para se trabalhar com a “contação” de histórias, na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental. A metodologia engloba três etapas: o estudo e a seleção dos livros; a produção de material didático, isto é, a confecção das caixas para as narrativas e, finalmente, as “contações”. Para a construção das caixas e dos personagens, são reutilizados diversos materiais, ressaltando a responsabilidade social e a necessária consciência ambiental. As apresentações ocorrem de maneira lúdica, nas salas de aula, em aberturas de seminários, conferências e atividades diversas. O referencial teórico pauta-se nos estudos de: Brejo (2019), Cosson (2018) e Gregorin Filho (2009), buscando demonstrar que a presença da literatura na escola é fundamental para a formação literária das crianças. Os resultados apontam que o trabalho vem contribuindo para a ampliação do repertório de Literatura Infantil e Juvenil daqueles que presenciam as “contações”.

Publicado

2021-12-31

Edição

Seção

Relatos de Experiência