PAPO DE CALÇADA

EDUCAÇÃO PARA SEXUALIDADE, GÊNERO E SAÚDE E COMBATE AO ABUSO SEXUAL

Autores

  • Rebeca Mascarenhas Fonseca Barreto Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Maria Edivânia Freire Carvalho Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Maria Isabel Pinheiro de Almeida Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Camila Silva de Lavor Universidade Federal do Vale do São Francisco

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.12696114

Palavras-chave:

Educação sexual, Prevenção, Violência sexual, Pandemia, Extensão

Resumo

A educação sexual objetiva a promoção da saúde sexual e prevenção de violências sexuais. Dada a sua importância, projetos nessa temática são fundamentais para proteção de crianças e adolescentes, especialmente na pandemia, quando o isolamento social foi fator preponderante no aumento da vulnerabilidade das vítimas. Esse trabalho tem como objetivo apresentar os resultados obtidos por meio das ações do projeto de extensão Papo de Calcada, que busca estimular a promoção de atividades educacionais sobre abuso sexual, sexualidade, gênero e saúde. As ações do projeto ocorreram na modalidade presencial, antes da pandemia, como remotamente durante esse período. Assim, as atividades presenciais ocorreram em praças e escolas no município de Uauá-BA, em parceria com a Secretaria de Saúde, entre 2018 e 2019, nas quais foram realizadas rodas de conversas por meio de métodos pedagógicos participativos e distribuição de kits de autocuidado. As atividades remotas, realizadas entre 2021 e 2022, foram realizadas via Instagram, com publicações regulares e lives com especialistas sobre a temática. O impacto das ações remotas foi avaliado pelas métricas da plataforma. O projeto Papo de Calçada se mostrou uma ferramenta socioeducativa fundamental para promover diálogos sobre sexualidade e saúde, questões de gênero e violência sexual, fortalecendo a relação universidade-sociedade.

Biografia do Autor

Maria Edivânia Freire Carvalho, Universidade Federal do Vale do São Francisco

  1. Titulação acadêmica/Instituição: Bacharelanda em Ciências Biológicas, Universidade Federal do Vale do São Francisco

  2. Movimentos sociais ou grupos Grupo de Estudos em Análises de Modelagem, Etnobiologia, Ecologia e Ecofeminismos (Geames)

  3. Instituição em que desenvolve a principal atividade: Universidade Federal do Vale do São Francisco, Colegiado de Ciências Biológicas, Campus de Ciências Agrárias

  4. Endereço: Rod. BR 407 Km 12 Lote 543 Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho, s/nº - C1, CEP 56.300-990 PETROLINA - PE

Maria Isabel Pinheiro de Almeida, Universidade Federal do Vale do São Francisco

  1. Titulação acadêmica/Instituição: Bacharelanda em Ciências Biológicas, Universidade Federal do Vale do São Francisco;

  2. Movimentos sociais ou grupos: Grupo de Estudos em Análises de Modelagem, Etnobiologia, Ecologia e Ecofeminismos (Geames)

  3. Instituição em que desenvolve a principal atividade: Universidade Federal do Vale do São Francisco, Colegiado de Ciências Biológicas, Campus de Ciências Agrárias

  4. Endereço: Rod. BR 407 Km 12 Lote 543 Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho, s/nº - C1, CEP 56.300-990 PETROLINA - PE.

Camila Silva de Lavor, Universidade Federal do Vale do São Francisco

  1. Titulação acadêmica/Instituição: Bacharelanda em Ciências Biológicas, Universidade Federal do Vale do São Francisco;

  2. Movimentos sociais ou grupos Grupo de Estudos em Análises de Modelagem, Etnobiologia, Ecologia e Ecofeminismos (GEAMES) e Liga Acadêmica de Estudo Sobre Animais Selvagens (LAEAS)

  3. Instituição em que desenvolve a principal atividade: Universidade Federal do Vale do São Francisco

  4. Endereço: Rod. BR 407 Km 12 Lote 543 Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho, s/nº - C1, CEP 56.300-990 PETROLINA - PE

Downloads

Publicado

2024-03-12

Edição

Seção

Artigos