GAMIFICAÇÃO DO ENSINO

CONCEPÇÕES DOCENTES ACERCA DO USO DE ATIVIDADES GAMIFICADAS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Autores

  • Daniel Pereira de Alencar Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano
  • Ednaldo Gomes da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano

Palavras-chave:

Gamificação, Concepções docentes, Anos Iniciais do Ensino Fundamental

Resumo

As competências e habilidades necessárias à atuação no mundo contemporâneo, permeado por tecnologias digitais, vêm suscitando mais do que nunca inquietações no fazer pedagógico em sala de aula. Nesse contexto, a gamificação do ensino tem ganhado espaço nas discussões e práticas de metodologias ativas que possam motivar e engajar o aluno no processo de ensino e aprendizagem. O presente estudo tem o objetivo de identificar as concepções de um grupo de docentes acerca do uso da gamificação e suas implicações para o processo de ensino-aprendizagem nos anos iniciais do ensino fundamental. Para isso, foi realizada uma pesquisa de campo, com cunho quanti-qualitativo. Os sujeitos envolvidos na pesquisa foram 22 docentes dos anos iniciais do Ensino Fundamental de duas escolas da rede pública de ensino do município de Petrolina-PE. A coleta de dados se deu por meio de formulário online. Os resultados mostraram que predomina entre o grupo investigado a concepção de gamificação enquanto a aplicação de elementos de games em situações de não game. O estudo também apontou que a temática é alvo de discussão desde a formação inicial entre alguns participantes. Com isso, o cenário mostra-se favorável ao emprego de tal abordagem como estratégia de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-05-02

Como Citar

Pereira de Alencar, D., & Gomes da Silva, E. (2021). GAMIFICAÇÃO DO ENSINO: CONCEPÇÕES DOCENTES ACERCA DO USO DE ATIVIDADES GAMIFICADAS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL. Revista De Educação Da Universidade Federal Do Vale Do São Francisco, 11(25). Recuperado de https://www.periodicos.univasf.edu.br/index.php/revasf/article/view/1389