EDUCAÇÃO NÃO FORMAL E INTERDISCIPLINARIDADE

UMA DISCUSSÃO A PARTIR DA PEDAGOGIA ESCOTEIRA

Autores

  • Carlos Eduardo Sampaio Burgos Dias Unifesp

Palavras-chave:

interdisciplinaridade, educação não formal, movimento escoteiro, jogos, aprendizagem baseada em problemas

Resumo

Este trabalho trata-se de uma revisão bibliográfica, que tem como objetivo discutir a educação não formal e a interdisciplinaridade a partir da pedagogia escoteira. No estudo fazemos breves debates sobre os conceitos em discussão, visto que surgiram num mesmo período histórico e apontam para um processo de reforma da educação que buscou superar os modelos estabelecidos, e evidenciando que ambos não têm um consenso dentro da academia. Apresentamos a pedagogia escoteira, apontando para sua trajetória reformista desde o inicio do século XX, que tem o jogo, como ferramenta central de sua pedagogia, que proporciona problemas a serem resolvidos pelos escoteiros. Assim, ao dialogar com a pedagogia escoteira, buscamos aproximar os conceitos de educação não formal e interdicisplinaridade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Sampaio Burgos Dias, Unifesp

Doutor em Educação – Unicamp

Pedagogo da Unifesp

Downloads

Publicado

2022-04-22

Como Citar

Sampaio Burgos Dias, C. E. (2022). EDUCAÇÃO NÃO FORMAL E INTERDISCIPLINARIDADE: UMA DISCUSSÃO A PARTIR DA PEDAGOGIA ESCOTEIRA. Revista De Educação Da Universidade Federal Do Vale Do São Francisco, 12(27). Recuperado de https://www.periodicos.univasf.edu.br/index.php/revasf/article/view/1160