CAMINHOS E PERSPECTIVAS DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA:

UMA EXPERIÊNCIA NO PDE DO ESTADO DO PARANÁ.

Autores

  • Ehrick Eduardo Martins Melzer Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Prof. Dr. Marcos Aurélio Zanlorenzi Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral (UFPR LITORAL)

Palavras-chave:

Formação docente, Metodologia de ensino, Ensino de matemática, Políticas públicas, Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE)

Resumo

De um modo geral, os programas de formação continuada das redes públicas no Brasil se limitam às chamadas “semanas pedagógicas”, que antecedem o início das aulas e são caracterizadas por cursos de baixa carga horária e com conteúdos que comumentemente não atendem as demandas de quem está na sala de aula. Assim, com este texto temos o objetivo de relatar e problematizar uma experiência de formação continuada para professores de matemática, realizada no contexto do Programa de Desenvolvimento Educacional – PDE, criado pela Secretaria de Estado da Educação do Paraná – SEED/PR. Para tanto, apresentamos os caminhos e perspectivas metodológicas que utilizamos nesta experiência como, por exemplo, a docência compartilhada, as rodas de conversa, as aulas de campo, a tertúlia dialógica e a autoavaliação coletiva. Os resultados deste processo formativo aparecem por meio das “vozes” de alguns participantes e que representam as percepções individuais e coletivas dos envolvidos na ação pedagógica do PDE-Matemática. Do nosso ponto de vista, entendemos que o processo desenvolvido cumpriu com nosso objetivo de retirar da “zona de conforto” educadoras e educadores com larga experiência em sala de aula, apontando possibilidades outras de atuação para quando retornarem às suas realidades. Ao mesmo tempo destacamos a importância e o potencial de políticas públicas como o PDE, que possibilita experiências formativas consistentes, diferenciadas e que certamente impactam positivamente qualificando ainda mais as práticas de sala de aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Prof. Dr. Marcos Aurélio Zanlorenzi, Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral (UFPR LITORAL)

Licenciado em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1994), mestre e doutor em Educação, linha de pesquisa Educação Matemática, pela Universidade Federal do Paraná (2004 e 2009 respectivamente). Atualmente trabalha como professor (DE) da Universidade Federal do Paraná - UFPR, Setor Litoral e é membro do corpo docente do Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e em Matemática (PPGECM) da UFPR . Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: Matemática, Educação Matemática, Formação de Professores, Filosofia da Educação Matemática, Interculturalidade e Educação Popular. 

Downloads

Publicado

2021-04-03

Como Citar

Martins Melzer, E. E., & Zanlorenzi, M. A. . (2021). CAMINHOS E PERSPECTIVAS DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA: : UMA EXPERIÊNCIA NO PDE DO ESTADO DO PARANÁ. Revista De Educação Da Universidade Federal Do Vale Do São Francisco, 11(24). Recuperado de https://www.periodicos.univasf.edu.br/index.php/revasf/article/view/1496

Edição

Seção

Dossiê Metodologias de ensino para e de professores que ensinam matemática